ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

BRANDA LOUCURA

BRANDA LOUCURA

Seu carinho é como vento

Que esvoaça meus cabelos

E deixa meus sentidos atentos

Aguça a ereção dos pelos

Baila como bambuzal ao tempo


Seus olhos brilham desejo

Como sol sobre a lagoa

Diz que me quer todo dentro

Diz ser toda minha com lascivo beijo

Dando curso a vida atoa


Contemplo-te entre suas coxas

O seu corpo o mais doce horizonte

Pernas e meu tronco formam uma serra

E os quereres umedecem sua fonte

Torna viva, deliciosa fêmea.


Sua boca respira meu ar

Gemidos ecoam em ebulição

Vibram como ondas do mar

Revela embriagada paixão

Em meus braços entrega-se louca

Seu gozo faz da minha alma branda.

SÉRGIO CUMINO






16 comentários:

  1. Fez-me tua paixão...
    Neste feitiço de amor...
    Nos teus beijos fico presa...
    Na vida fico perdida...
    Pois sem você eu nada sei...
    Eu nada sou...Abraços entrelaçados
    E suspiros viajam
    Deliram de prazer
    Nos delírios dos nossos corpos
    Desejamos tudo um ao outro
    compartilhando os nossos mundos
    caminhando...compartilhando...
    confundindo tudo!
    tuas palavras me fazem sonhar
    desejar hummm
    doces sessações
    que vc meu anjo amado
    consegue tirar de mim!!!
    Perfeito simplesmente perfeito
    Te adoro meu anjo...

    ResponderExcluir
  2. Como em tds seus poemas, uma forma especial de expressar sentimentos...

    Lilian Pinheiro

    ResponderExcluir
  3. Gosto da forma como você escreve e expressa seus desejos...

    ResponderExcluir
  4. Que bonito!!!Sensual!!!
    Gosto desta analogia com a natureza.
    "Como sol sobre a lagoa", ficou muito bom!!!

    ResponderExcluir
  5. Perfeito a forma como vc descreve uma relação intima, dentre os carinhos e afagos, respirações e tudo mais. Me leva a uma leveza de sentimentos como se levitasse amor...

    Regina H.

    ResponderExcluir
  6. nossaaaaaa, muito,muito haiiii muito sensual esse poema,vc começa a ler e tbm a imaginar coisas,porque vc querendo ou não,ele acaba instigando,te levando a pensar e a imaginar as maiores caricias que vc ja fez e as que vc vai fazer tbm!Ler um poema desses é como se estivesse fazendo amor loucamente,mas uma transa literaria,uma transa mental,por que vc imagina coisas!Adorei muitoooo quente esse poema!

    ResponderExcluir
  7. Deliciosamente Excitante.....

    ResponderExcluir
  8. Deliciosamente Excitante.....

    Paula Costa

    ResponderExcluir
  9. Só uma alma sensivelmente bela, descreve com tanta harmonia... Parabéns!!!

    Dirlei

    ResponderExcluir
  10. Profundamente lindo!!!!

    ResponderExcluir
  11. Com esse poema a gente viaja pelos horizontes perdidos.

    ResponderExcluir
  12. lindo poema..como sempre vc nos faz delirar com seus poemas,cheios de encanto..obrigada Sergio..beijossssss Altiva

    ResponderExcluir
  13. Sérgio, lindissimo poema...sempre surpreendendo com sensibilidade e emoção. Parabéns!
    Nelci

    ResponderExcluir
  14. Volúpia e paixão... Adorei! - Aurea

    ResponderExcluir