ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

sábado, 15 de outubro de 2011

SIRVO-TE AMADA

SIRVO-TE AMADA


Entoou-te mulher menina

Você é alento para eu sentir

Sou menino, quero te respirar.

Ser que seus suspiros rapina

Ser a testemunha ocular.

Coadjuvante para você emergir

Protagonista para te ver brilhar

Seja qual forma de te servir

Evoco momentos sublimes,

Como um prêmio divino

Vivencia física de toda sensação

Assim acendo que a estimes.

Você a mulher que me declino

Toda manhosa e felina

É a leoa do sonhado reino

E todo tesouro a se descobrir

Eu sou caiaque que a rege desejosa

O rio que conduz sua emoção.

Ser seu guia e caminho

Para encontrar-se oceano

Em sua imensidão gloriosa

Brandas ondas seu suspiro

E o movimento meu carinho

A cadência da alegria onde for

Que se espalhe como maresia

Que me chamem de insano

Quero amor no meu destino

Ser o jardineiro que te cuida flor

Ser o poeta que a canta,

Você a melodia e viva poesia



SÉRGIO CUMINO

*CLIQUE NOS LINK ABAIXOS E COMPARTILHE COM SUAS REDES

10 comentários:

  1. Vc com seu dom e magia unicos, expressa com perfeição os desejos mais intimos das pessoas, diz sempre o que elas não conseguem dizer... muito bom

    ResponderExcluir
  2. parabens, mais uam vez vc enxergou o intimo do amor, bjs em seu coração....elisa

    ResponderExcluir
  3. eu vi , são lindas ...bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Silvia Regina disse
    Mais uma vez me emocionou, Sim, voce é perfeito , nos renova a alma, enche nosso espírito de vaidade, é uma emoção poder degustar e saborear coisa boa Parabéns

    ResponderExcluir
  5. O reconhecimento do conceito mais profundo do amor,permeia cada palavra neste cântico. Me faz recordar Sócrates,quando no Banquete invoca a pitonisa Diotima para inundar de lucidez aquele momento inovidável.Dessa forma me entrego sem fronteiras para este convite de como viver o amor em sua plenitude. Sou lhe grata querido Sérgio por compartilhar conosco o seu melhor, provando a vivência de cada palavra que escreve.

    ResponderExcluir
  6. Lindo!
    Dá uma vontade de ser amada assim... Quero amor no meu destino tbém, poeta.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  7. Deixo-me levar e mansamente vou, meu ser seduzido pela sua cadência, embalada por suas ondas eu sigo, não só para ser servida mas mergulhando neste sentimento vou serví-lo, desvelando esse amor que nos envolve numa viva melodia e revela, espalha essa envolvente maresia!
    Parabéns poeta, obrigada pelo doce balanço de suas doces ondas...

    ResponderExcluir
  8. que linda poesia.divinamente lindo!beijos

    ResponderExcluir
  9. Versos de amor q balançam na onda do mar entoando uma bela melodia ...... maravilhoso meu poeta, mais uma vez vc alimentou minha alma ...

    Juvana ...

    ResponderExcluir
  10. Não tenho palavras para descrever tamanha profundidade de sentimentos nesse poema... E, sendo assim, sinto-me como "Sendo Servida"
    Me perdoe pela audácia! Parabéns pelo seu trabalho, lindo como você! Beijos.

    ResponderExcluir