ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

quarta-feira, 7 de março de 2012

Mulher Mito da vida

Convoco todos os
HOMENS A UMA VIGILIA - Mulher Mito da vida
Desculpe-me as mulheres, mas, esse “dia Internacional das mulheres” meu texto é dedicado aos Homens. Não é nenhum manifesto chauvinista não se preocupem. Mas vejo aqui uma oportunidade de nos reencontrarmos com a natureza, com a anima, com a espiritualidade. Em suma o encontro com a Deusa, que na maioria das mitologias representa a natureza. Convoco todos os homens para que façam uma vigília a fim de apurar seus olhares em busca de um homem melhor. Faz-se urgente o equilíbrio do espírito, vivemos numa sociedade que nos distancia cada vez mais da nossa natureza, dos elementares que movem nossa alma, o que gera conflitos existenciais, e desavenças em nossos relacionamentos, nos fazendo perder a magia do amor, tanto para conosco quanto para o próximo. Vivemos num momento em que temos que conciliarmos nosso espírito com a natureza, (A Deusa).
Existirão os que questionaram de “o qual a contribuição para avanços sociais”. Afirmo que não haverá avanço social se não nos reencontrarmos com nossa individuação. A cultura judaico-cristã que prevalece na nossa sociedade brasileira tem como símbolo mitológico o Deus que representa a sociedade. Segundo Joseph Campbell “E quando se tiver uma mitologia que acentua um deus, e não uma deusa tem ai uma religião que acentua a sociedade sobre a natureza, Então com a queda a própria natureza é amaldiçoada”. Temos na história da humanidade formas de exterminar a natureza. Uma delas foi o genocídio de mulheres acusadas de feiticeiras, que foram levadas a fogueira em nome Deus, sobre o pretexto de manterem-se as ordens sociais. O que eram essas mulheres, se sacerdotisas de seitas celtas, que cultuavam sua espiritualidade junto com elementares da natureza e mais uma variedades de povos ditos pagãos, que viam na natureza formas de encontro com espírito.
Quando vemos a devastação que se faz da natureza, e os efeitos que causam no meio ambiente, notam-se os mesmos males nas relações sociais. Esta inserida na tradição não confiar na natureza, porque ela decaiu, pecou. Nossa vida tornou-se uma mistura de Deus e o Mau. A origem de uma intolerância religiosa com os mais variados povos, que cultuam seus elementares. Aqui não foram diferente quantas histórias vemos nos ilês espalhados pelo Brasil, onde nossas sacerdotisas Yalorixas mulheres exemplos de lutas e resistências verdadeiras guardiãs da magia da natureza, harmonia da vida com o espírito, a Deusa, em nosso panteão africano, representada por varias deusas, nossas Yabas, nossas mães. Nossas sacerdotisas são verdadeiros ícones, e apresentam o melhor do anima elemento feminino, bem definido por Jung. O que fascina na mitologia é a universalidade. Seja ela de Afrodite, deusa dos oceanos que incumbe a Psique, ficar presa na rocha a espera de seu casamento com a morte, ou a mais variada mitologias que revelem a mulher como e suas ligações com elementares da natureza.
As mulheres por conta desse domínio patriarcal sempre foram subjugadas, o que na maioria das
vezes se organizavam escondidas, uma forma de protegerem seu poder para que não fosse dirigido pelo homem. Tudo o que há na natureza temos em nossos corpos. E a mulher através da anima tem esse poder nos seus corpos é portador de todos esses encantos, enquanto os homens têm de adquirir esse poder. As relações sociais oriundas do esquema escravagista fizeram com que criassem uma estrutura social e religiosa, onde as detentoras desse conhecimento ficaram nas mãos de quem são de direito as mulheres.
A caça as bruxas ocorrida na idade média, chegou aqui, assim como a escravidão a inquisição em tese foi abolida. Todos sabem ainda existem preconceito e intolerância, ambos as ações vindas de uma mesma matriz, européia, patriarcal branca e dualista, cuja cultura mítica é o Deus, que vive lá no céu e nós aqui na terra, e a natureza fica no meio desse jogo entre o sagrado e o profano, o bem e o mau, o puro e o pecado. Aceitar essa vigília se disponibilizar a olhar e sentir a anima começa a ser uma missão nada tênue sentiremos o solo firme da racionalidade, lógica e da razão abalar-se sobre nossos pés. A mulher reconhece mais o animus, elemento masculino, como muito mais facilidade que o homem, o anima isso tudo por terem a consciência da energia em seus corpos.
Mas o ato de observar se torna muito mais complexo quando nos voltamos para dentro, onde também necessitamos de claridade. Luz é intrinsecamente ligada à mulher. A observação e a luz se completam ao contrario não seria possível ver. Mas para observar-lhe o detalhe, temos que olhá-lo atentamente, com carinho, afeição e ternura. Como vemos perda das qualidades e da energia feminina na sociedade de hoje constitui um problema psicológico premente. Atinge dolorosamente a vida emocional de homens e mulheres. Se continuarmos a viver sob o cunho de uma cultura patriarcal, estaremos condenando a humanidade a seu mais profundo limbo. Existem vertentes religiosas e morais que tem como filosofia banir o pecado e o mau dentro de uma tradição moldada por e para os homens que garantem a sua soberania e poder. Esse embrutecimento da humanidade, com base nessa visão dualista e discriminatória causadora de guerras e genocídios em toda nossa história. E grande responsável do seu descontentamento, solidão, sensação de falta de sentido, mau humor e violência. Contra a Natureza, contra si, sobretudo contra a Mulher. Através da valorização da força bruta e da conquista de territórios, geram um grande desequilíbrio dentro e fora de nós.

A terra como uma entidade viva. E não há nada na terra que não exista dentro de nós, as energias que circulam no olorum, coabitam em nosso corpo. Essa é a idéia da mitologia básica que foi completamente eliminada da Bíblia desde o livro de Genesis, onde vemos isto: ”Tu que é feito do pó e ao pó retornaras”. A terra não é pó. A terra é mãe. Sendo assim olhe, para as mulheres que conhece, mas antes busquem na lembrança, todas as menções de sabedoria e vinham de nossas avós, sim essas velhinhas, quase na maioria analfabetas, mas detentoras de sabedorias, que nos indicam caminhos até hoje, isso é sinal que a sabedoria da natureza atua nessas amadas mulheres.
Mas para observar uma mulher temos que nos livrar dessas amarras seculares, para isso indico uma imagem citada por Goethe: “No cimo das colinas reina a calma, no cimo das arvores, mal se tente um sopro. Os passarinhos silenciam nos bosques. Apenas espere e você silenciará”. Como dizem os Taoistas, no qual nos redemos a natureza e nos entregamos a ela. Ou nas culturas primitivas, nas quais as pessoas se apóiam na natureza. Perceber que a natureza é boa provoca uma transformação total da consciência. Nunca esqueçam o universo esta mais próximo do que se imagina, ele esta nas mulheres com as quais convivemos, nelas pulsam essa divindade. Fundamento do mistério supremo, fonte transcendente e energia do universo, que é também força misteriosa da vida, própria de cada um – e de todos.
Ao olhar para essas mulheres com seus olhos cheios de afeição, de amor, estabelecerá uma relação imediata. Quando for capaz de olhar uma nuvem com olhos que estão vendo pela primeira vez há então uma relação profunda, o fator mitológico primordial é o que Jung chama de coniunctio oppositorum, a conjunção dos opostos. Fundindo-se num belo equilíbrio entre si, uma dança. O prazer de um casal dançando é o do par de opostos numa relação harmoniosa. Façamos nossa vigília sempre e diariamente, para resgatarmos em nossos corpos à volta a natureza, a natureza feminina que ocorre naturalmente dentro da mulher. Assim nossas mulheres não precisarão fazer vigílias contra a violência sofrida por nós homem, e sim se encontrarem para celebrar a existência da Deusa.
Dedico minha vigília as divindades,
 Meu pai Xango e Minha mae Oxum que
fazem de mim um Homem melhor:
.
Sérgio Cumino

10 comentários:

  1. SOCORRO GUERREIRO8 de março de 2012 02:41

    CADA VEZ MAIS FICO ENCANTADA COM QUE ESCREVE ,A LEVEZA COM QUE SUTILMENTEMTE E EXPLICIDADAMENTE TU COLOCOU A MULHER,E A CHAMADA PRÁ UMA VIGILIA MASCOLINA ADOREI,QUE ELES VEJAM ,SINTAM,LEIAM E PRATIQUE.

    ResponderExcluir
  2. Adorei, parabéns pelo trabalhado e muito obrigado por esta homenagem.

    ResponderExcluir
  3. obrigada meu poeta !! vejo por que as todas mulheres te quer homens com vc estâo extinto bjs

    lindamar

    ResponderExcluir
  4. Quado se tem a oportunidade de ver expresso pensamentos de uma forma tão sensível e verdadeira, quem sabe, com suas palavras, estará fazendo a diferença, mesmo que no momento pareça pequena, mas vai representar muito à essa "Deus", que tantp nos dá.
    ALBA NILSE

    ResponderExcluir
  5. Origada por esse dia, pelas palavras e pela reflexão da natureza!!!

    Alba Nilse

    ResponderExcluir
  6. Mulheres fracas, fortes. Não importa.
    Mulheres mostram que mesmo através da fragilidade.
    São fortes o bastante para erguerem sempre cabeça
    Sem desistir, pois sabemos que somos capazes de vencer.

    Temos a delicadeza das flores
    A força de ser mãe,
    O carinho de ser esposa,
    Reciprocidade de ser amiga,
    A paixão de ser amante,
    E o amor por ser mulher!


    Crycia Nayara

    ResponderExcluir
  7. bom que posso dizer; são pessoas como vc que fazem a diferença em colocar toda feminilidade de uma mulher e respeitalas de modo tão especial bjos e muito mais sucesso

    ResponderExcluir
  8. Sim ela é, ela dá, ele sente, ela sofre, ela ri; enfim ela vive fazendo e acontecendo entre todos os mortais, pois é ela, quem traz a vida dentro de si, gera, cuida, protege e ampara seus filhos, é ela quem compadece das dores dos incapacitados órfãos tentando trazer à luz da verdade, é ela, mãe, esposa cúmplice e amante, isso é ser mulher,completa em sua sabedoria, vaidade e conquistas, viva todas elas e eles por fazerem parte delas!!!!

    Flor dos Anjos

    ResponderExcluir
  9. Um texto maravilhoso que dispensa comentarios tal a grandeza com que descreve a MULHER
    AMO seu jeito de escrever AMO VOCÊ POETA

    ResponderExcluir
  10. Apesar de ser um texto reflexivo, trás ternura nas palavras e uma admiração pela divindade que é a mulher, um ser altamente cheio de contradições e ao mesmo tempo tão singelo. Só uma pessoa especial sensivel e verdadeiro como voce e com seu grau de conhecimento do outro poderia captar a essencia do que é ser mulher.Obrigada por poder compartilhar esse momento e me sentir uma Deusa junto com a mãe natureza.

    ResponderExcluir