ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

terça-feira, 24 de setembro de 2013

CARURU DE COSME E DAMIÃO

CARURU DE COSME E DAMIÃO
Ao deleite do colo
Encantado da Mae Osun
Esta o júbilo de Ibeii
Mais que um é dois
Além dos irmãos tem Doum
É o lúdico dentro de si
São reinos sagrados
Que adoçam a sorte
Abençoam-nos aonde for
Traz a inocência que perdemos
E mãezinha sempre diz
E adoram um caruru
São como feijão com arroz
Prosperidade é seu forte
Alimento do bom humor
Seus traços gêmeos
Norte e sul
Florada e raiz
Agora e o depois
Vida e a morte
Mas para saúde
Ibeji é doutor
Cura os males que temos
Cores são flores
Vermelha, movimento
Branca é a paz
Rosa de Yabá
E azul é o horizonte
Do jardim da espontaneidade
Esperança ao que queremos
É o mundo feliz
Da alma é a voz
Amparo e o suporte
Da um sabor ao amor
Candura que tanto faz
Torna olhares pueris
Faz-se festa com cocada
Guaraná e gibis
São deuses do nosso interno
Que nos fazem homens plenos
Com essências infantis
SÉRGIO CUMINOPOETA DE AYRÁ
DEDICO ESSE POEMA AO MEU ERÊ OXÉZINHO,

2 comentários:

  1. muito lindo e profunda..vc sempre nos presenteando com seus poemas..obrigada querido amigo

    ResponderExcluir
  2. Crianças amadas, trazendo consigo alegrias e muitas travessuras. Nesta data de festividade deixo aqui meus mais sinceros agradecimentos a tudo que já me auxiliaram e com suas palavras faz florescer todo encanto que deles emanam. Parabéns, poema perfeito por expressar o que eles representam a todos que neles acreditam.

    ResponderExcluir