ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

quinta-feira, 22 de abril de 2010

DANÇA DO AMOR CIGANO




DANÇA DO AMOR CIGANO

Lua , amor e fogueira

Vibrar que foi pela noite,

quereres exalam pelos poros,

Madrugada hospitaleira ,

Os elementares e seus encantos,

seus Mitos correm a frente
 
 dos pecados da culpa cristã.

Os mistérios noturnos se revelam  .

correm pelo corpo quente

sedução que a faz inteira

pedido feito a maça

sensualidade Gitana,

 a musica dos sentidos,

Acordes nascem ao mesmo tempo,

que o desejo grita, canta, geme

que a vulva umedece ,

e as saias saltitam ,

com os feitiços do leque

desejos fluem envolvem

 sob graça do improviso  

 folhas voam ao vento,

 como os corpos deslizam

como graciosas borboletas

olhos encantam com sorriso

numa alegria sem reservas
 
a qual não existe receita

com mesma delicadeza

do arco e o violino

 cheiro da paixão
 
entre as pernas

esplendor da violeta

misturados com o aroma

mágico da Dama da Noite

Enfeitiçados, abençoados

na simbologia dos sinos

pela magia da lua cheia.

A ritualista emoção 

envolvendo corpos,

misturando os naipes

com a noite calada,

banhados pelo orvalho

 transmutação dos mistérios

a cada paragem da estrada

amando-se na rede,

celebrando com vinho

aconchego do sonho aquecido,

Revelados nos baralhos

 imagens de quentes delírios

até secar a saliva dos lábios

Com o crepúsculo da lua encantada.

SÉRGIO CUMINO - O POETA DE AYRÁ

7 comentários:

  1. falando a alma !adoreiiiiiiii.bjs

    ResponderExcluir
  2. jjullinha@yahoo.com.br23 de abril de 2010 15:31

    E no silêncio da noite tudo pode acontecer
    ...As emoções florescem,corpos se aconchegam na dança do desejo incontido,revelado
    A lua se torna cúmplice silenciosa do delírios dos amantes.
    Linda sua poesia Sergio,muito linda
    Parabéns
    Ju

    ResponderExcluir
  3. "Sergio,DANÇA DO AMOR FLAMENCO é uma mistura de pele,cheiro,vontade e desejos incontidos q chegam ate o leitor c extrema leveza e sensualidade...só um poeta c tamanha força de alma consegue expressar tanta beleza...Vc é show!!!"

    Miria Giani

    ResponderExcluir
  4. como alguém pode escrever isso e não dançar? vc dança com as palavras sergio . traz aqui um toque flamenco de poesia que seduz e convida a dança. faz parceria entre dança e poesia enaltecendo e compartilhando as duas artes. está criando um elo , uma corrente entre os poetas e os dançarinos...que todos saiam ás ruas , recitando e dançando as poesias . beijos , conceição

    ResponderExcluir
  5. Encantos ao som da música, corpos envoltos, inebriados de tanto querer expressando numa dança sensual. A lua dos amantes que enfeitiça até os mais desavisados e florescem seus desejos contidos, que ficam submersos em um emaranhado de pudores que lhes foram impostos por opressores. Mas vibra sempre quando no calor da fogueira, brindam, celebrando com suas taças de vinho e comemoram a cumplicidade no aconchego dos sonhos revelados. Ao ler me vejo a bailar com todos seus encantos meu poeta, lindo.

    ResponderExcluir