ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

segunda-feira, 13 de maio de 2013

MANDIGA DO NEGO VELHO

MANDIGA DO NEGO VELHO
Agradeço por sua devoção
Esse velho viveu de pé no chão
Obrigado do toco para sentar
Grato pela caneca de café
Deixe a borra que vou aproveitar
O fumo de corda para fumar
Brasa é o encantamento
e a fumaça faz a vida passar
Na nuvem branca revela
O que nem pode imaginar
E de lá tiro o que vem a pensar
A raiz de cada sentimento
O conselho é doutrinar o silencio
Maior sabedoria que vai precisar
Tudo que tenho a te acalmar
Que tipo de benzedura
Para criar novo movimento
Faço uso da arruda e guiné
Outra erva a receitar
Para buscar  sua cura
Sou Joaquim, Benedito, e José.
Sou até Maria de Congo
Venho de angola, Ruanda,
Agora visito muitas roças
Caminho desde xambá
Assim aprendi com cada tombo
E as artimanhas de mojubá
Muita historia para contar
Outras marcas do quilombo
Com a covardia dos açoites
Conheci as ervas que tira dor
E os segredos de cada macaia
E as ladainhas para rezar
Mas minha maior sabedoria
Não esta na cantoria
Ou no enfeite de conga
Que da humildade vem o amor
E o mistério dos dias e noites
E o que a bananeira vem me falar
Saiba ver e verá
Em cada gesto deste velho
E cada ruga a te orientar
Atente o ouvido e entenderá
É meu filho antes de ouvir
Tem que aprender a escutar
Chega mais perto, pode ajoelhar.
Para sua soberba derramar
Porque maior mandiga
 É o filho se declinar
Quando seu corpo se curva
Faz sua alma enxergar.
SÉRGIO CUMINO
O POETA DE AYRÁ
 
Caros leitores faço gosto que deixem seu comentário, e também os que desejam demonstrar seu apreço, compartilhem com suas redes, para isso basta clicar no link correspondente de sua rede abaixo, obrigado pela visita é ASÉ

14 comentários:

  1. LINDO........EMOCIONANTE

    ass.: Celia Maria de Freitas

    ResponderExcluir
  2. AMEI !!!!!!
    Isabel Trombini

    ResponderExcluir
  3. Lindo....

    Janice Fadinne

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Pai ficou Muito lindo, Suas Palavras mostraram a verdadeira excencia deles ... te amo

    ResponderExcluir
  6. LOS SIENTO TAN FUERTES..ELLOS SON UN MAGNIFICOS MAESTROS EN LA RELIGION
    Amanda Servian ·

    ResponderExcluir
  7. Bonito irmão, parabéns pelas palavras.

    Alexandre Cumino Umbandista

    ResponderExcluir
  8. GRACIAS ABOBO MIS BELLOS PRETOS VELHOS LOS AMO .

    Gitana DA Praia

    ResponderExcluir
  9. Bonito!
    Que esses Mestres de Aruanda te abençoem sempre!

    Sergio Navarro Teixeira.

    ResponderExcluir
  10. Caro poeta, suas palavras expõe de maneira clara e com uma dialética envolvente, que mesmo aqueles que não sabem quem é esse "tal" de preto velho fica instigado a procurar saber quem ele realmente é. Mais uma vez ultrapassa os pilares elementares e produz um poema com fundamento, sinceridade e verdade dos nossos queridos "pretos velhos". Continue a nos brindar com esse modo peculiar de passar conhecimento, parabéns

    ResponderExcluir
  11. Lindo demais poeta!!!

    Noemia Peixoto da Silva

    ResponderExcluir
  12. OBRIGADA AMIGO QUE MEU PRETO VELHO TE DE MUIOT AXE E SAUDE E PAZZZZZZZZZZ

    Pati Irigaray

    ResponderExcluir
  13. eu amo os pretos-velhos ,salve suas forças

    Karin Benincasa

    ResponderExcluir