ESSE BLOG NÃO PERTENCE SÓ AO POETA, ELE É DE TODOS NÓS

segunda-feira, 8 de maio de 2017

PROVISÃO




PROVISÃO

Assustou com os sentidos

Que nada faz sentido

Para sentimento do que sente

Torna se aquele  monstro

o qual espera esta ausente

impressiona a falta de impressão

tudo passa pela provisão

e descontroles da situação

ver em si um fiasco

e pensa deliberado

que inferno são os outros

quando lhe faltará tão pouco

a profecia do asco

maus conselheiro do senso

antes que seja blindado

sem que de ouvidos

reserve um tempo consigo

nesse dialogo reservado

peça a Deus que aguarde

a saleta ao lado

e ao olhar para próprio umbigo

compreenderá que é inimigo

e assim se sabota

busque valor na calma

e a respiração no melhor jeito

bom ouvir-se sem ruído

mergulhará até pescoço d’alma

abra-se a escutas distintas

divergências convergem

a caminho de suas lidas

esvazie sua xícara

e a encha de corpo presente

ou arremessará o chá quente

com glamour do covarde

compreenda novos pontos

e se surpreendera novos contos

mesmo que sejam díspares

dão ao movimento aos instintos

nessa ribeira sem curvas

SÉRGIO CUMINO – PCD - POESIA COM DEFICIÊNCIA




Nenhum comentário:

Postar um comentário